Fechado a cinco anos, aeroporto de Mossoró se prepara para retomar funcionamento

Aeroporto de Mossoró se prepara para retomar operações (Foto: Caio Vale/Mossoró Notícias)
O aeroporto de Mossoró deverá retomar suas atividades ainda neste primeiro semestre com restrições para a capacidade das aeronaves que poderão operar no local. O terminal está passando por melhorias com previsão de serem concluídas em dois meses, informou a direção do Departamento de Estradas de Rodagens (DER), responsável pelas obras.

“Começamos a trabalhar para erguer os 600 metros de muro e instalar os cinco mil metros de cerca para o isolamento da área operacional”, detalhou o diretor do DER, general Jorge Fraxe, acrescentando que essas intervenções custarão R$ 520 mil.

Ele se queixou dos sucessivos atos de vandalismo contra o terminal, que teve a iluminação noturna roubada por quatro vezes. “Em razão disso, vamos montar um sistema com vigilância armada por seis meses, o que vai custar mais R$ 120 mil”, explicou Fraxe.

Segundo ainda explicou o diretor do DER, em razão da expansão imobiliária, a pista do aeroporto teve seu uso prejudicado. “Como a cidade construiu prédio na rota da cabeceira da pista, o aeroporto foi punido com a diminuição da pista útil. Só podem ser usados agora 1.800 dos 2.000 metros e, com isso, boeings não poderão pousar, só poderão pousar aeronaves do tipo turbo hélice”, explicou Fraxe.

Operações

Concluídas as fases de melhorias, a Agência Nacional de Aviação Civil será provocada para homologar o terminal para que ele possa voltar a operar.

“Quando tudo estiver pronto, vamos atrás da Anac e também correr atrás de voos para o aeroporto”, explicou o secretário estadual de Turismo, Ruy Gaspar.

De acordo com ele, o entorno de Mossoró congrega um potencial de quase um milhão de pessoas. “Assim, temos 50 mil pessoas que poderiam utilizar o aeroporto de Mossoró, mas que precisam se locomover para Natal ou Fortaleza”, explicou Ruy.
Compartilhar no Google Plus

1 comentários: