Forças Armadas atuarão em 12 cidades do RN em combate ao Aedes



Em combate ao mosquito Aedes aegypt, as Forças Armadas vão realizar ações de combate e prevenção em 12 cidades do Rio Grande do Norte até o final de fevereiro. De acordo com informações repassadas pelo 3º Distrito Naval, o trabalho dos militares foi dividido em quatro etapas. A próxima ação acontece neste sábado (13).

As cidades que recebem as ações dos militares são: Natal, Parnamirim, Areia Branca, Caicó, São Gonçalo do Amarante, Ceará-Mirim, Extremoz, Apodi, Santa Cruz, Tangará, Macaíba e São Paulo do Potengi.

Até o momento, apenas a primeira etapa já foi realizada entre os dias 29 de janeiro e 4 de fevereiro. Nesta etapa, apenas organizações militares receberam as ações. A próxima atividade está agendada para este sábado (13) e irá mobilizar 3 mil homens do Exército, Marinha e Aeronáutica. A ação de conscientização acontecerá nas cidades de Natal, Parnamirim, Caicó e Areia Branca.

Enquanto isso, as terceira e quarta fases envolvem a atuação direta no combate ao mosquito e o trabalho de conscientização em unidades de ensino por meio de palestras, respectivamente.

Confira abaixo aonde serão realizadas cada ação de conscientização e combate ao mosquito:

2º fase – 13 de fevereiro – Conscientização e Motivação da população em Natal (Bairros Lagoa Azul, Potengi, Petrópolis, Alecrim, Quintas, Cidade Alta, Dix-Sept Rosado, Tirol, Rocas, Areia Preta, Barro Vermelho, Bom Pastor, Felipe Camarão, Nova Descoberta, Nossa Senhora Nazaré, Neópolis, Pitimbu, Ponta Negra), Areia Branca, Parnamirim e Caicó.

3º fase -  15 a 18 de fevereiro – Efetivo combate ao mosquito.
Marinha - Natal - São Gonçalo do Amarante - Ceará-Mirim- Extremoz
Exército - Natal – Apodi- Santa Cruz – Tangará – Caicó.
Aeronáutica- Parnamirim – Macaíba - São Paulo do Potengi.

4º fase – 15 a 19 de fevereiro - Conscientização e Motivação de Estudantes dos Ensinos Fundamental e Médio em Natal, São Gonçalo do Amarante, Ceará-Mirim, Extremoz, Areia Branca, Apodi, Santa Cruz, Tangará, Caicó, Parnamirim,  Macaíba e São Paulo do Potengi.
Compartilhar no Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário