Polícia Civil prende homem acusado de latrocínio no bairro Bom Jardim em Mossoró


O acusado foi preso por agentes da Polícia Civil no bairro Pintos (Fotos: Mossoró Notícias)
Agentes da Polícia Civil prenderam na manhã desta terça-feira (02), um homem acusado de matar o funcionário de uma terceirizada do Banco do Brasil no dia (23), em Mossoró, região Oeste do Rio Grande do Norte. 

A Prisão

Após uma investigação da Delegacia de Furtos e Roubos (DEFUR) e da Delegacia de Homicídios (DEHOM), os agentes conseguiram chegar ao autor do crime que estava em uma residência no bairro Pintos em Mossoró. O autor foi identificado como Leonan Marques da Silva, de 24 anos.

O mesmo foi conduzido para Defur, onde foi apresentado ao Delegado titular Luiz Fernando. 

Na Defur o mesmo contou que não matou Augusto para roubar, e sim pelo motivo do mesmo ter mexido com um familiar seu a um certo tempo.

"Cheguei lá cedo, fui sozinho, quando ele saiu de casa eu só fiz atirar, e peguei a moto só para ir embora. Em seguida abandonei a moto no lixão e joguei a arma fora" disse o acusado

O Caso


O crime ocorreu no dia (23), na Avenida Alberto Maranhão no bairro Bom Jardim. Antônio Augusto Neto, que era ASG saía de casa para trabalhar, quando foi abordado na porta de casa por Leonan, o mesmo atirou na vítima que morreu no local, já o acusado fugiu em seguida na motocicleta da vítima.


A moto da vítima, uma Bros, foi localizada dias depois do mesmo jeito que foi roubada, em um lixão em Mossoró. 


Compartilhar no Google Plus

1 comentários:

  1. a policia deveria ter matado esse vagabundo safado
    mais deixa queto ele vai sair um dia

    ResponderExcluir