Prefeito detalha situação dos 98 investigados pelo Ministério Público


O Prefeito Francisco José Júnior conversou com a imprensa no final da tarde desta segunda-feira, 22, onde detalhou a situação dos 98 servidores apontados pelo Ministério Público-MP em auditoria realizada na folha de pagamento do Município em 2014.

Ele reforçou que a prefeitura recebeu com entusiasmo o pedido de informação do MP sobre os servidores apontados como irregulares na administração municipal.

“Ficamos felizes com o pedido de informações por parte do Ministério Público e a nossa equipe com muita agilidade levantou essas informações porque temos o compromisso com o cidadão e não admitimos que servidores recebam salários sem trabalhar”, falou o Prefeito.

Dos 98 nomes apontados como irregulares, alguns servidores pediram para serem desligados; outros foram exonerados ou tiveram seus contratos cancelados e apenas 03 continuam em procedimento interno de investigação.

Após a auditoria, a Prefeitura adotou várias medidas de zelo com o dinheiro público como o cadastramento biométrico dos servidores, a implantação do ponto eletrônico e mudança na forma de contratação dos médicos das UPAS. Além disso, foram excluídos funcionários que não existiam, cancelados plantões que ninguém dava e suspensas horas extras oferecidas como complemento salarial.

“A prefeitura resolveu com habilidade e antecipação todos os questionamentos do Ministério Público com relação aos 98 servidores. Estaremos encaminhando ao órgão relatório com detalhamento maior de informações, assegurando que mesmo os processos ainda não foram conclusos, os servidores estão com pagamento suspenso”, finalizou o prefeito Francisco José Júnior.

A reunião acontece no Salão dos Grandes Atos e foi acompanhada por secretários e assessores de várias pastas.

SITUAÇÃO DOS 98 SERVIDORES

37 servidores foram exonerados  
08 encontram-se em licença sem remuneração
 1 servidor se encontra aposentado
06 se encontram em benefício previdenciário
02 são pensionistas
11 recebem judicialmente complemento à aposentadoria
19 estão ativos no pleno e regular exercício de suas funções
09 são funcionários do Estado cedidos para Mossoró
Renovação de cessões de funcionários de Mossoró para outros órgãos: 02
03 passam ainda por processo de apuração e devido a ausência ao serviço, apesar de não afastados, não recebem qualquer remuneração.
Compartilhar no Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário