SMS deve distribuir mais de 100 mil preservativos até carnaval



A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e a Gerência Executiva de Vigilância à Saúde, por meio do Programa Municipal DST/HIV/AIDS e Hepatites Virais, seguirá a proposta do Ministério da Saúde durante o período carnavalesco. O trabalho envolve realização de testes rápidos para o diagnóstico de HIV e Sífilis, distribuição de preservativos masculino e feminino, e material educativo para conscientização sobre a importância da prevenção.

O período da campanha, iniciado no dia 25 deste mês, segue até 5 de fevereiro com o objetivo de reforçar as ações de prevenção às Doenças Sexualmente Transmissíveis, especialmente a AIDS e as Hepatites Virais, uma vez que durante o período de carnaval aumenta a exposição das pessoas às DSTs. As blitze, em pontos estratégicos nas saídas da cidade, serão realizadas nos dias 4 e 5 de fevereiro. Também no dia 5, a SMS promoverá ações do “Dia D” na Praça do Mercado Central.

Nesse período será distribuída pelo Programa uma média de 100 mil preservativos masculinos, 3 mil preservativos femininos e 10 mil leques com informações educativas. A secretaria ressalta que a participação de todos os gestores, profissionais de saúde e outros segmentos da sociedade, como indústria, comércio, escolas, empresas e sociedade civil organizada, é fundamental para a promoção, prevenção e proteção da população.

Também serão realizadas ações educativas voltadas ao combate ao Aedes aegipty, com entrega de materiais educativos e abordagens de conscientização da população. De acordo com a Gerência da Vigilância à Saúde, em Mossoró, foram registrados, no ano passado, 35 casos novos de AIDS, 11 casos de AIDS em gestantes, 16 casos de sífilis congênita, 103 casos de sífilis adquiridas e 11 casos de hepatites virais, sendo 6 de hepatite B e 5 de hepatite C.
Compartilhar no Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário