Luto no futebol mossoroense com as mortes de Zoívo Barbosa e José Ribamar


A volta do feriadão da semana santa trouxe junto a triste notícia das mortes de dois desportistas que prestaram relevantes serviços ao futebol mossoroense, deixando-o duplamente de luto. Morreram no início da semana o ex-treinador e um dos fundadores do Baraúnas Zoívo Barbosa e o ex-massagista José Ribamar, o “Zé Galinha”.

Zoívo, que também era alfaiate, trabalhando inclusive em Brasília, foi um dos fundadores do Baraúnas, ao lado de Expedito Mariano, “Bolão”, entre outros e o seu primeiro treinador. Como técnico ele também trabalhou no Potiguar, sendo responsável pela revelação de bons jogadores, entre eles, Júnior Xavier. Zoívo Barbosa tinha 93 anos e passou mal na tarde da terça-feira, 29. Ainda foi socorrido, mais chegou sem vida ao Hospital Regional Tarcísio Maia.

A morte de José Ribamar, o massagista “Zé Galinha” como era conhecido, também aconteceu na terça-feira, logo no final da manhã. Ele estava internado em Natal, Hospital Walfredo Gurgel, com diagnóstico de dengue hemorrágica desde o final de semana, e não resistiu. José Ribamar, além de atleta amador, depois de deixar os campos de várzea seguiu no futebol, trabalhando nas comissões técnicas de Potiguar e Baraúnas na função de massagista. Com sua simplicidade, conquistava a amizade e o respeito de todos com quem convivia.

Fonte: O Mossoroense

Compartilhar no Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário