Samu envia nota de esclarecimento para a população de Mossoró


O Samu Mossoró enviou nota informando a toda população da cidade de Mossoró, com relação a demora e em alguns casos a falta do atendimento das equipes orientado aos solicitantes levarem por meio próprios.

O médico regulador do SAMU Dr. Gustavo Cunha informou que devido a superlotação do Hospital Regional Tarcísio Maia, as suas unidades de socorro médico sendo três Bravos unidades básicas e uma Alfa com Suporte Avançado estão ficando com suas macas presas no Tarcísio Maia impedindo o atendimento a população revoltando assim não só a população mas todos que fazem o SAMU que estão e ficam sendo hostilizados com palavrões, xingamentos etc. Inclusive os funcionários sendo ameaçados de invadirem a unidade e agredirem os médicos e socorristas.

Por tanto esclarecemos a todos que não podemos realizar o atendimento sem a maca que serve para mobilizar o paciente. Pedimos a compreensão da população e esclarecemos a todos as dificuldades que enfrentamos. "Estamos aqui para atender a demanda, mas com as macas presas no hospital esse atendimento se torna impossível". Finalizou o médico.

Compartilhar no Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário