Saúde

Sem recurso para laboratórios, UPA's deixam de notificar doenças causadas pelo Aedes Aegipty


A Prefeitura Municipal de Mossoró (PMM) não está repassando verba para a manutenção dos laboratórios das Unidades de Pronto Atendimento (UPA’s) há pelo menos 20 dias. A justificativa dada pela assessoria da Secretária de Saúde está relacionada à atual crise financeira que atinge o município.

Os pacientes que se dirigem às unidades não passam por exames médicos no local, dificultando o diagnóstico preciso.

Ainda segundo a assessoria, a Prefeitura de Mossoró e uma prestadora de serviço fecharam um acordo para que, ainda na próxima semana, os laboratórios das UPAs voltem a realizar exames médicos e atenderem melhor a população.

A Assistência Social da UPA do bairro Alto de São Manoel destaca que os equipamentos laboratoriais juntamente com a equipe necessária para a realização dos exames existem, mas em função do repasse de verba não está sendo feito pela Prefeitura do município dificulta a manutenção dos laboratórios.

Os pacientes com sintomas de Dengue, Chikungunya e Zica Vírus recebem medicação e orientações sobre ingestão de água regularmente para hidratação do corpo, como parte do tratamento.

Apenas em casos mais graves, os pacientes realizam exames no Laboratório Regional de Mossoró (Larem). Em seguida, os exames são enviados para Natal para serem analisados. Somente após um prazo médio de 40 dias os resultados são obtidos com precisão, segundo informações de enfermeiros das UPAs.

Em função dos exames laboratoriais não serem realizados em todos os pacientes, como acontecia anteriormente quando o repasse de verba era feito pela Prefeitura, o número de pacientes com doenças relacionadas ao mosquito Aedes Aegypti é incerto, já que nem todos os casos são notificados.

A gestão da UPA do bairro Belo Horizonte informa que são atendidos em média 800 pacientes por dia, número três vezes maior em relação ao mesmo período do ano passado, ressaltando que na semana vigente o número de atendimentos foi reduzido talvez em função do feriado Santo.

Ainda de acordo com a Assistência Social da UPA do bairro Alto de São Manoel, foram atendidos 535 pacientes somente na última quarta-feira, 23, todos com os mesmos sintomas, e que, aqueles que optam por realizar exames em laboratórios particulares, desembolsam em média R$ 200,00 para resultados mais rápidos.

Fonte: O Mossoroense 

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.