Estudante de Assú-RN encabeça método revolucionário no combate a microcefalia

O método mais audacioso no combate à Dengue será colocado em prática em Mossoró e região. Será realizado pelo estudante Dimas Gomes, o projeto Odonata, que consiste na distribuição de sementes de Crotalária, uma planta leguminosa ornamental e, normalmente de flores amarelas, comum em várias partes do mundo e de muitas variedades. As sementes serão distribuídas aos moradores da cidade para que façam seu plantio e que, posteriormente, essa planta seja mais um atuante no combate ao Aedes aegypti, o mosquito transmissor da Malária (febre amarela), de quatro tipos de Dengue, da Febre Chikungunya e do vírus Zika.

Após ter sua semente plantada, leva cerca de 60 a 70 dias para se tornar adulta, a Crotalária começará sua ação atraindo libélulas, outro inseto conhecido, e que, como o mosquito da Dengue, também coloca seus ovos em água parada, sendo que suas larvas se alimentam de larvas do Aedes aegypti. O mesmo ocorre com a libélula adulta, que é predadora e se alimenta de pequenos insetos, entre eles o próprio mosquito da dengue, além de seus ovos e suas larvas. Quanto às libélulas, não há riscos de impacto na natureza. A primeira distribuição de sementes se iniciará em 12 de Maio de 2016, e pode contar com apoio de agentes de Saúde dos Municípios, estudantes, escoteiros, atletas, igrejas, grupos de jovens entre outros.

Tal medida implicará em uma redução bem significativa em consultas e internamentos ocasionados de forma direta ou indireta pelo Aedes aegypti.

Se você deseja mais informações de como colaborar com este projeto ou de solicitar uma palestra na sua empresa ou escola, mande um email para: falecomdimasgomes@gmail.com
Compartilhar no Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário