Atualização do Plano Estadual de Segurança Pública do RN segue em ritmo acelerado


A Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) realizou na tarde desta quinta-feira (16) um novo encontro, reunindo profissionais de segurança pública dos órgãos que compões a pasta (Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros e ITEP) a fim de dar continuidade ao processo de atualização do novo Plano Estadual de Segurança Pública que norteará as ações da Segurança até o ano de 2019.

Para construção das novas diretrizes, os gestores da Sesed tem utilizado o método SWOT uma ferramenta utilizada para fazer análise de cenário (ou análise de ambiente), sendo usada como base para gestão e planejamento estratégico de uma corporação ou empresa. 

O Termo SWOT é uma sigla oriunda do idioma inglês que funciona para analisar as Forças, Fraquezas, Oportunidades e Ameaças do que se deseja estudar. Com base nesta metodologia, os profissionais da segurança estão efetuando uma síntese das análises internas e externas das políticas de segurança pública, indicando elementos chaves para a gestão, estabelecendo prioridades de atuação, preparando opções estratégicas (Riscos/Problemas a resolver) e fortalecendo os pontos positivos.

Todo este trabalho tem considerado como base o diagnóstico, desenvolvido pelo consultor e especialista na área de segurança pública, José Luiz Ratton, contratado pelo Governo do Estado, através do Projeto RN Sustentável, para apoiar a Sesed na definição de linhas estratégicas para melhoria na gestão de segurança pública do Estado. Além disso, o Plano Plurianual do Governo do Estado também tem sido referência para nortear as ações a serem implementadas com base no orçamento aprovado pela gestão estadual. O último Plano Estadual de Segurança Pública elaborado pelo Estado é do ano de 2006.

De acordo com o secretário estadual da Sesed, Ronaldo Lundgren, algumas das ações do novo plano já estão sendo implementadas pelo Governo do Estado como os investimentos em tecnologia, a aplicação do Programa Ronda Cidadã e as Área Integradas de Segurança Pública.

“Desde quando assumimos a Secretaria temos buscado fortalecer a integração das forças policiais e definir quais são as nossas prioridades de atuação. Também é importante ressaltar que o novo plano elencará a importância da participação dos outros atores que, de alguma maneira, compõem a segurança pública como os municípios, Poder Judiciário, Ministério Público, além de outras secretárias de Estado. Todos estes entes podem e devem contribuir com a melhor segurança da população”, disse o secretário Ronaldo Lundgren.

A expectativa é que os trabalhos sejam concluídos e apresentados para apreciação do governador Robinson Faria até o final do mês de agosto.
Compartilhar no Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário