Escola em Mossoró já foi arrombada 12 vezes em um ano; duas delas nas últimas 48 horas

Nos últimos 15 dias, foram três arrombamentos (Foto: Edinaldo Moreno)
A Escola Estadual Dom Jaime Câmara, no bairro Costa e Silva, mais conhecido como Pintos, têm vivido uma situação de arrombamentos constantes. Num espaço de pouco mais de um ano o local foi arrombado ou tentaram por 12 vezes.

De acordo com a diretora da escola, Tainá Jaciele Lima Silva, nos últimos 15 dias, foram três arrombamentos verificados na instituição. Ela disse que nos últimos dois dias houve dois.

“O último aconteceu de quarta para quinta e levaram um botijão de gás. De 2015 para cá já houve 12 arrombamentos ou tentativa na escola. Quinze dias atrás entraram nas salas e levaram todos os ventiladores, fazendo com que a gente suspendesse as aulas por uma semana”, relatou Tainá.

Tainá Jaciele informou ainda que todas as ocorrências possuem Boletim de Ocorrência e é de conhecimento da 12ª Direc, como também da Secretaria Estadual de Educação. Entretanto, a crise financeira é a justificativa dada pelo Estado para a demora em resolver a situação.

“Nós dispomos de todos os boletins de ocorrência desses arrombamentos na escola. Passamos tudo para a Direc e a secretaria de Educação, mas até o momento estamos esperando uma solução. Eles alegam que a crise financeira como empecilho”.

A diretora ressaltou que tirou dinheiro do próprio bolso para o conserto de grades na escola, pois os reparos feitos já não mais surtiam efeitos.

Outra preocupação enfatizada por Tainá é a questão da escuridão no período da noite, devido a escola ser um pouco afastada o que provoca medo em servidores e alunos que frequentam a localidade no período noturno. “Nós já falamos com a Cosern para trocar a lâmpada do único poste que tem em frente à escola, mas até agora não foi posto lá”, disse Tainá, que ainda falou que as aulas retornam no próximo dia 5 de julho.

Com informações Jornal de Fato

Compartilhar no Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário