Empresários estão murando área da Avenida Rio Branco que por Lei é exclusiva para lazer, cultura, educação e esporte

Empresários estão murando área da Avenida Rio Branco (Fotos: Marcos Garcia)
 Empresários estão murando uma área da Avenida Rio Branco, em Mossoró, no chamado Corredor Cultural. O local é onde tradicionalmente ficam parques de diversão e circos durante eventos como Mossoró Cidade Junina e Festa de Santa Luzia. Trata-se de uma disputa antiga que remete aos tempos de Rosalba Ciarlini prefeita de Mossoró.

Tudo começou há alguns anos com um leilão da linha férrea que cortava Mossoró. Três empresários arremataram o lote e entenderam que incluía o terreno de grande área da Avenida Rio Branco.

Na época da então prefeita Rosalba Ciarlini, a Prefeitura de Mossoró entrou com ação na justiça alegando que o terreno era do Município e tinha sido cedido para a linha férrea, não fazendo parte, portanto, dos bens arrematados em leilão pelos empresários. O Município saiu vitorioso.

Na mesma época, uma Lei Municipal foi criada destinando toda a área do Corredor Cultural para fins de lazer, cultura, educação e esporte, não admitindo qualquer outro tipo de empreendimento.


Surpreendentemente, novamente os empresários aparecem e mandam murar parte da Avenida Rio Branco. Nos bastidores, há informações de um acordo costurado pela então prefeita Cláudia Regina (DEM) para cessão da área para os empresários em troca do terreno onde hoje está instalada a A&C.

Não custa lembrar que existe um projeto para readequação da Avenida Rio Branco em Brasília com mais de R$ 40 milhões alocados. Não custa lembrar também que o Corredor Cultural perdeu a Praça das Oiticicas, que seria construída pela A&C como contrapartida por sua instalação em Mossoró. Surpreendentemente, o prefeito Silveira Júnior (PSD) trocou a Praça das Oiticicas, com investimento avaliado em R$ 800 mil, pela primeira etapa do Parque da Cidade, com investimento de R$ 500 mil, R$ 300 mil a menos.

No meio de toda essa história, está o bem estar da população. Mas o povo é só um detalhe.

Com informações Blog do Magnos 
Compartilhar no Google Plus

2 comentários:

  1. A&C escravizando pessoas em mossoró, na cara de pau!

    ResponderExcluir
  2. Além de se apropriar do espaço roubam o passeio, cade a calçada?

    ResponderExcluir