Rio Grande do Norte

Presídios do RN aumentam alerta para possíveis rebeliões no fim de semana

Wallber Virgolino diz que estratégia está montada para coibir motins e rebeliões

Os agentes penitenciários e diretores de unidades prisionais do Rio Grande do Norte (Coape) encaminhou a todas os presídios, cadeias e centros de detenção provisória uma circular, assinada pelo coordenador Zemilton Pinheiro da Silva, solicitando cuidados extras nas unidades e determinando que todos os agentes penitenciários fiquem em sobreaviso para possível acionamento.

Na circular, a Coape fala que há a possibilidade de motins ou rebeliões durante o fim de semana e, por isso, será necessária atenção extra. No documento, no entanto, não está exposto o motivo pelo qual a secretaria de Justiça e Cidadania (Sejuc) acredita na hipótese de ocorrerem as rebeliões.

A provável causa para a medida preventiva da Coape são áudios que circularam em redes sociais e aplicativos de troca de mensagens que falam sobre possível "salve geral" dos presos após o posicionamento de torres para bloqueio de sinal de celular no Presídio Estadual de Parnamirim (PEP). No entanto, o secretário da Sejuc, Walber Virgolino, negou que as torres sejam para esse fim, afirmando que os equipamentos são para monitoramento infravermelho.

Apesar de negar que as torres sejam para o bloqueio do sinal de celular, Wallber Virgolino afirmou que o Estado dará "resposta dura" em caso de revolta dos presos.

"A estratégia está montada. Se agirem como estão dizendo, iremos dar uma resposta dura. Não iremos admitir nenhum vagabundo tirar onda com o Estado", garantiu.

Reprodução/Whatsapp

Fonte Tribuna do Norte

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.