Doméstica baleada juntamente com o irmão morre no Tarcísio Maia em Mossoró


A empregada doméstica Antônia Edinete de Oliveira, de 37 anos, que foi baleada na última quarta-feira (17) em Governador Dix-Sept Rosado, cidade da região Oeste potiguar, não resistiu aos ferimentos e morreu na madrugada deste sábado (20). A mulher estava internada no Hospital Regional Tarcísio Maia, em Mossoró. O irmão dela, que tem 35 anos, também foi alvo dos disparos. Ele continua hospitalizado. A polícia ainda não tem pista dos criminosos.

Edinete e o irmão foram baleados quando chegavam em casa, no Sítio Ipueira, zona rural de Governador Dix-Sept Rosado. A cidade é vizinha a Mossoró. Os assassinos são dois homens que chegaram à comunidade de moto, obrigaram as vítimas a ficarem de costas e atiraram. Segundo a Polícia Militar, não houve anúncio de assalto.

Os irmãos receberam os primeiros atendimentos médicos em uma unidade de saúde do município. Em razão da gravidade dos ferimentos, foram transferidos para Mossoró.


Compartilhar no Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário