Embarque de presos para presídios federais é adiado por falta de autorização

(Foto: Arthur Barbalho)
O embarque dos 21 presos considerados chefes da facção criminosa "Sindicato do Crime", que iriam ser transferidos para presídios federais de outros estados, foi adiado para este sábado. De acordo com a direção do Presídio Estadual de Parnamirim (PEP), o juiz da cidade de Catanduvas, no Paraná, ainda não autorizou a ida dos detentos para a cidade.

Os presos chegaram a passar por exames do Instituto Técnico Científico de Polícia nas primeiras horas da manhã desta sexta-feira (5). Em seguida, levados para o terminal de cargas do Aeroporto Internacional Governador Aluízio Alves, em São Gonçalo do Amarante, onde embarcariam em uma aeronave da Polícia Federal.

Os presos transferidos são Sebastião Figueira da Costa Júnior, Josenildo Medeiros da Silva, Josenildo Augusto da Silva, Bruno Mitchel Carvalho de Farias, Christian Lutianne Costa de Lima, Djackson Hyzacky Moreira da Silva, Gerson Menezes, Gilbeto da Cruz Silva, Igor dos Santos Peixoto, João Paulo Souza da Silva, Luanderson Inácio de Souza Cunha, Leonardo Victor Cavalcante Soares, Marcos Antônio Oliveira da Silva, Walleano Luabson Cruz dos Santos, Zadonaide Fernandes Nunes, José Wilson Trajano de Freitas, Francisco Frank Dantas da Costa, Renato da Silva Climaco, Cleiton Miranda Lins, João Maria dos Santos Oliveira e Rosivaldo Barbosa da Silva.

Os 21 detentos serão divididos entre os presídios de Catanduva (PR), Campo Grande (MS) e Porto Velho (RO).


Informações da Tribuna do Norte
Compartilhar no Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário