Polícia

Guardas Civis ameaçam parar atividades em Mossoró


O Sindicato dos Guardas Civis Municipais (Sindguardas/RN) informou que, na próxima semana será realizada uma parada geral de advertência contra o descumprimento da Lei Federal 13.022/14 por parte da Prefeitura Municipal de Mossoró (PMM). Os guardas civis reclamam, entre outros pontos, da não substituição do comandante da guarda e cargos comissionados por guardas de carreira e do atraso no pagamento de diárias nas Bases Integradas Cidadãs (BICs).

“Mais uma vez, a administração municipal não está cumprindo a data de pagamento das diárias BICs e, sendo assim, a partir desta quinta-feira, 25 de agosto, os GCMs que tiram diárias nas bases integradas encerrarão as atividades até que o pagamento seja efetuado”, afirma o vice-presidente do Sindiguardas, Héber Medeiros Monteiro.

O vice-presidente conta ainda que os guardas civis municipais estão trabalhando com coletes vencidos, pistolas de eletrochoque quebradas e poucas viaturas disponíveis. Ele cobra ainda a regulamentação do porte de arma aos guardas e de um Regimento Disciplinar Interno (RDI) próprio, de acordo com os parâmetros legais para o serviço da guarda.

“Hoje o que existe é uma cópia do RDI de instituições militares, o que é ilegal. O prazo para regulamentação do porte de arma pela guarda civil acabou no último dia 11 e a Prefeitura não o fez. O município teve dois anos para se adequar, mas não o fez”, declara.

Héber Medeiros conta que participou de reunião com o Secretário Municipal de Segurança nesta quinta-feira, 25 de agosto, e foi acordado que a PMM irá substituir o comando da Guarda Civil Municipal por um guarda de carreira, com a publicação do novo nome à frente da GCM no Jornal Oficial de Mossoró (JOM) no dia 31 deste mês.

O secretário, conta o vice-presidente, também se comprometeu em resolver o problema com o pagamento das diárias operacionais das BICs.

Nesta sexta-feira, 26, às 16h, os guardas civis municipais irão se reunir em assembleia na para discutir as propostas feitas pelo município na reunião de hoje e decidirão se ainda irão suspender as atividades na próxima semana em Mossoró.

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.