MPRN pede que policial acusado de matar colega vá para presídio federal de Mossoró

(Foto: PF/Divulgação)
O Ministério Público do Rio Grande do Norte pediu à Justiça potiguar que o policial civil Tibério Vinícius Mendes de França, acusado pela morte do também policial civil Iriano Serafim Feitosa, seja transferido para a penitenciária federal de Mossoró. O requerimento foi entregue ao juiz da 3ª Vara Criminal de Natal, Ricardo Procópio Bandeira de Melo, na semana passada. Nesta terça-feira (23), o juiz intimou a defesa de Tibério que se manifeste sobre o pedido do MP em cinco dias. Caso não haja a manifestação, Tibério, que está preso na cidade de Salgueiro, em Pernambuco, poderá ser levado para Mossoró já na semana que vem.

Tibério França é acusado de ter matado Iriano Serafim Feitosa a tiros no dia 3 de fevereiro deste ano no conjunto Cidade Satélite, na Zona Sul de Natal. Ele foi preso dia 28 de julho passado pela Polícia Federal na cidade de Cabrobó, no sertão de Pernambuco. Segundo a PF, o policial foi preso em flagrante portando documento falso.

Tibério estava foragido desde o dia 17 de junho, quando fugiu da prisão dentro do mesmo terreno onde funciona o quartel do Bope, a cavalaria e o canil da PM, na Zona Norte da cidade. À época, a Secretaria de Segurança Pública do Rio Grande do Norte (Sesed) informou que estava apurando a fuga e que o policial era considerado fugitivo da Justiça.
Compartilhar no Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário