Rafaela Silva, ouro no judô, vai ser nome de escola no Rio de Janeiro

Rafaela Silva deu a primeira medalha de ouro ao Brasil no Rio2016  (Foto: Markus Schreiber/AP)
O nome da judoca Rafaela Silva, primeira atleta brasileira a conquistar uma medalha de ouro na Olimpíada do Rio, irá batizar o Espaço de Desenvolvimento Infantil em Magalhães Bastos, na Zona Oeste do Rio. O local, que será inaugurado nesta quinta-feira (11), faz parte do projeto Escolas do Amanhã, da Prefeitura do Rio, e vai atender a cerca de 300 alunos da região.
Construído dentro do programa Fábrica de Escolas do Amanhã, o espaço vai funcionar na Rua Salustiano Silva. O anúncio da homenagem à judoca da Cidade de Deus foi feito nesta quarta-feira (10) pela prefeitura.
Em decreto publicado no dia 3 de agosto, o prefeito Eduardo Paes determinou que todas as novas unidades educacionais e Clínicas da Família entregues para a população carioca em 2016 tenham o nome de atletas brasileiros medalhistas olímpicos e paraolímpicos nos Jogos do Rio.
O programa Fábrica de Escolas do Amanhã teve início em 2014 com o objetivo de agilizar a construção de novas unidades de ensino, usando módulos pré-fabricados de concreto, fixados por estruturas metálicas.
O projeto contempla que as novas escolas funcionem em horário integral. Elas estão sendo construídas nas zonas Norte e Oeste da cidade. Com novo modelo de ensino, as Escolas do Amanhã têm, entre seus objetivos, reduzir a evasão escolar as áreas de risco destas regiões.
Nas Escolas do Amanhã são desenvolvidas mais de 50 atividades nas áreas de saúde, assistência social, esporte, arte e cultura, além de trabalho de reforço escolar, oficinas pedagógicas e culturais em salas de saúde, leitura e informática.
A Escola do Amanhã Rafaela Lopes Silva vai ser inaugurada às 10h desta quinta-feira pelo prefeito Eduardo Paes.

Fonte: G1
Compartilhar no Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário