Surfista potiguar avança em etapa do Taiti


O Brasil começou a sétima etapa do Circuito Mundial de Surfe com três vitórias. Em Teahupoo, no Taiti, o potiguar Italo Ferreira, além de Gabriel Medina e Bruno Santos, avançaram direto para a terceira fase, enquanto que Adriano de Souza, Miguel Pupo, Alex Ribeiro, Caio Ibelli, Filipe Toledo, Jadson André, Wiggoly Dantas e Alejo Muniz perderam e foram para a repescagem.

Finalista da etapa do Taiti nos últimos dois anos, Medina confirmou o seu favoritismo e superou o norte-americano Conner Coffin e o também brasileiro Alex Ribeiro, que ainda não venceu sequer uma bateria em 2016. O campeão mundial de 2014 somou 13,60 pontos, incluindo uma nota 8,0 em um tubo.

"Teahupoo é uma onda divertida e eu amo pegar tubos", disse Gabriel Medina. "Estou me sentindo bem, estou hospedado numa boa casa de uma família daqui do Taiti que faz com que me sinta como se estivesse na minha própria casa. Eu não sinto qualquer pressão quando venho aqui. É um lugar muito bom, com boas ondas, boa comida e pessoas super agradáveis. Tudo isso me deixa mais confortável e eu adoro vir ao Taiti", completou o brasileiro, que pode deixar Teahupoo na liderança do ranking.

Com dois bons tubos, o potiguar Italo Ferreira somou 13,50 pontos e superou o havaiano Keanu Asing e o norte-americano Kanoa Igarashi na sua bateria de estreia. "Estou muito feliz por conseguir passar direto para a terceira fase", disse Italo Ferreira. "Eu competi numa hora difícil do mar e tentei ficar o mais profundo possível nos tubos que peguei. Certamente as condições vão melhorar para os próximos dias e o bom é que já estou classificado. Espero continuar avançando para conquistar um bom resultado aqui".


Com informações Tribuna do Norte
Compartilhar no Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário