Bancários rejeitam proposta e decidem por greve a partir do dia 6


Em assembleia realizada na noite desta quinta-feira, 1º, os bancários de Mossoró e Região rejeitaram o reajuste salarial de 6,5% mais abono de R$ 3 mil proposto pela Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) e aprovaram a greve da categoria para a próxima terça-feira, 6.

A informação da paralisação já era dada como certa pelo presidente do Sindicato dos Bancários de Mossoró e Região, Francisco Alfredo de Assis Neto. Ela foi publicada na página do sindicato no Facebook.

Segundo a categoria, a proposta da Fenaban representa 68% da estimativa de inflação acumulada no período de setembro de 2015 a agosto de 2016. Os bancários reivindicam reajuste de 14,78%, que inclui 5% de aumento real.

Em comunicado publicado também na página do Facebook, o sindicato informa a população que o início da greve está marcada para a zero hora do dia 6 e a paralisação é por tempo indeterminado. O sindicato ainda informa que haverá uma assembleia organizativa na sede da entidade na segunda-feira, 5.

Os sites da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf) e da Conderação Nacional dos Trabalhadores nas Empresas de Crédito (Contec) também informa que os bancários de todo o País deliberaram pela paralisação.

Compartilhar no Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário