Estudantes ocupam gabinete da Direção Geral do IFRN em Mossoró por tempo indeterminado

(Foto: Deivison Mendes)
Estudantes do campus de Mossoró do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (Ifrn) ocupam desde às 16h desta quarta-feira o gabinete da Direção Geral da instituição.

O protesto dos estudantes tem como base a instalação do Governo Temer e medidas anti-educação. Os estudantes reivindicam o arquivamento da PEC-241, PLP-257, Projeto Escola Sem Partido (Lei da Mordaça) e Reforma do Ensino Médio.

Os estudantes também protestam em prol de uma pauta local, referente à indicação dos cargos e funções gratificadas do campus Mossoró. Os discentes querem participar diretamente do processo decisório que segundo eles, atualmente é regido apenas pelo diretor do Campus, Jailton Barbosa.

De acordo com a presidente do Grêmio Estudantil Valdemar dos Pássaros, Ana Flávia de Oliveira, os estudantes não determinaram dia e horário para encerrar a atividade.

”Não vamos determinar tempo para encerrar a ocupação, vamos seguir a agenda de mobilização dos estudantes contra as medidas que visam o retrocesso da educação e da democracia do país”, destaca.

SINASEFE, Seção Mossoró, se pronunciou considerando importante o protagonismo dos estudantes neste momento em que os ataques contra os direitos dos trabalhadores e da juventude estão avançando no governo de Michel Temer.

“Repudiamos, juntamente com os estudantes, trabalhadores, sindicatos e centrais sindicais medidas que oprimam, desvalorizem e desqualifiquem o funcionalismo público do País. Nesse sentido, convocamos nossa categoria para refletir neste processo histórico que acontece no nosso campus”, destaca o sindicato em nota.

Com informações Jornal O Mossoroense
Compartilhar no Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário