Família de auditor desaparecido em Mossoró cobra agilidade em investigações


Familiares e amigos do auditor fiscal Dinarte Bezerra, de 36 anos, fizeram uma manifestação neste domingo (4), em Natal, para cobrar agilidade nas investigações. O rapaz está desaparecido há 15 dias, ocasião em que viajou a trabalho para Mossoró, na região Oeste do estado.

Com faixas e cartazes, os amigos e parentes estavam vestidos de branco e protestaram no cruzamento das avenidas Bernardo Vieira e Salgado Filho. "Ninguém sabe dizer o que aconteceu com Dinarte e a família está inconsolável", disse a amiga Michele Souza.

Auditor fiscal de uma rede de lojas de departamento, Dinarte Berreza foi visto pela última vez saindo de um hotel em Mossoró na madrugada do domingo, dia 21 de agosto. Ele mora com a família em Natal, mas estava na cidade do Oeste potiguar a trabalho.

Kátia Bezerra, irmã de Dinarte, cobra respostas da polícia. "Eu acredito que meu irmão ainda esteja com vida. Meu pai me deu essa foto e disse 'traga ele de volta'. Ninguém imagina a dor que meu pai, minha mãe e os irmãos estão sentindo", disse.

Investigações

O carro de Dinarte foi encontrado quatro dias depois do desaparecimento na cidade de Bento Fernandes, a 200 quilômetros de Mossoró. A polícia prendeu um suspeito em Parnamirim. Dayvson André, de 23 anos, estava com os cartões de crédito da vítima. "Ele usou em lojas e até para pagar um tratamento odontológico", disse o delegado Luiz Fernando. Segundo a Polícia Civil, o suspeito diz que esteve com Dinarte no dia 21, mas nega a participação no desaparecimento.
Compartilhar no Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário