Força Nacional realiza Operação Madrugada Segura em Mossoró

A Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) retomou nesta terça-feira (18), em Mossoró, a Operação Madrugada Segura com a intensificação do patrulhamento tático móvel com arbordagens nas áreas comerciais e bancárias, além daquelas com maiores incidências de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs). A operação, já realizada na capital potiguar acerca de uma semana, tem empregado o efetivo da Força Nacional de Segurança Pública nos locais considerados críticos indicados pela Coordenadoria de Informações Estatísticas e Análises Criminais (COINE).

Na primeira noite de atuação em Mossoró, a Operação Madrugada Segura resultou na abordagem de 114 pessoas e 45 veículos, entre motos e carros, em atitude suspeita. Foram realizados patrulhamentos ostensivos nos bairros Barrocas, Santo Antônio, Pirrichiu, Aeroporto, Malvinas, Alto de São Manoel, Pintos, Abolição, Paredões, Belo Horizonte, entre outros.

“Estamos empregando a Força Nacional integrada aos batalhões de áreas da Polícia Militar afim de unir forças para combater o crime com eficiência. Nossas ações estão focadas na apreensão de drogas e armas de fogo e assim evitar crimes de homicídio, latrocínio, assaltos, entre outros. Uma arma a menos na rua é uma vitória a mais para a segurança do Rio Grande do Norte”, destacou o secretário adjunto Raimundo Florêncio.

Em Mossoró, 94% dos crimes são por arma de fogo e 65,4% tem ligação com o tráfico de drogas. Hoje, Mossoró conta com duas Áreas Integradas de Segurança Pública (AISP) – AISP 18 e 19.

“O reforço com o patrulhamento ostensivo da Força Nacional em Mossoró nos ajudará a reduzir consideravelmente a criminalidade. Vamos direcionar e otimizar a tropa para conseguirmos almejar nosso objetivo”, destacou o secretário adjunto Raimundo Florêncio.

De janeiro a setembro de 2016, 321 pessoas foram conduzidas à delegacia por delitos praticados no município de Mossoró, entre eles 126 por furtos e roubos, 78 por porte de ilegal de arma de fogo, 36 por consumo e tráfico de drogas, entre outros.

Neste período a Polícia Militar, por meio do 2º BPM e 12º BPM, recuperou 391 veículos, sendo 327 motocicletas e 64 carros, além da apreensão de 100 armas de fogo, sendo 37 revólveres calibre 38.

Também foram apreendidos, em ações conjuntas com a Polícia Civil, cerca de uma tonelada e meia de drogas, entre crack, maconha, cocaína e outras substâncias.
Compartilhar no Google Plus

0 comentários:

Postar um comentário