Polícia

Polícia Federal prende homem e faz a 2ª maior apreensão de ecstasy da história no RN

(Foto: PF/Divulgação)
A Polícia Federal prendeu na madrugada deste sábado, 24/12, no aeroporto Governador Aluízio Alves, em São Gonçalo do Amarante, na Grande Natal, um instalador hidráulico, 22 anos, catarinense, que vinha da Europa e foi flagrado com cerca de 50 mil comprimidos de ecstasy na bagagem.

A prisão do suspeito aconteceu quando era feita uma fiscalização de rotina na área do desembarque internacional. Ao ser preliminarmente entrevistado, o passageiro, que conduzia duas malas e vinha de Lisboa, Portugal, ficou bastante nervoso, caindo em contradição algumas vezes e levantando fortes suspeitas de que estivesse transportando algum tipo de droga, o que foi confirmado, logo em seguida, após a realização de uma minuciosa revista na sua bagagem, quando foram encontrados os comprimidos prensados em forma de tabletes (barras) e ocultos nos fundos falsos das duas malas.

De imediato, o acusado recebeu voz de prisão e foi levado para autuação na sede da PF. Durante o seu interrogatório, ele se recusou a responder todas as perguntas que lhe foram formuladas e invocou o direito constitucional de permanecer calado e só falar em Juízo.

Indiciado por tráfico internacional de drogas, o acusado, que não registra antecedentes criminais, foi submetido na manhã de hoje, a exame de corpo de delito no ITEP e permanece custodiado na Superintendência da PF, à disposição da Justiça.

Esta foi a segunda maior apreensão de ecstasy já realizada pela Polícia Federal no Rio Grande do Norte em toda a sua história. O recorde, que é de 58 mil comprimidos, aconteceu em maio de 2007, no antigo aeroporto Augusto Severo, em poder de um empresário holandês que na ocasião também desembarcava de um voo procedente da Europa.

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.