Regional

Fuga de presos da PEP foi facilitada por policial militar e custou R$ 30 mil

Informação foi repassada para o delegado por um dos detentos que foi recapturado. (Foto: Divulgação/PM)
A fuga de 14 presos da Penitenciária Estadual de Parnamirim (PEP) na madrugada do último sábado (7) foi facilitada por um policia militar guariteiro que teria recebido cerca de R$ 30 mil dos fugitivos para arranjar a escapada. 

A informação foi repassada por um dos detentos que foi recapturado apenas horas depois da ação. A denúncia será investigada pela Polícia Civil e pela Polícia Militar.

Segundo a Sejuc, os fugitivos estavam no pavilhão A da unidade. A fuga se deu por volta das 3h30.

Nas redes sociais, Henrique Baltazar Vilar dos Santos, juiz titular da Vara de Execuções Penais, também denuncio em seu perfil pessoal que a fuga de presos da PEP foi facilitada por um "servidor público". 

Confira abaixo o texto redigido pelo juiz Henrique Baltazar:

Foragido da PEP foi recapturado e contou com detalhes quanto e a quem foi pago para possibilitar a fuga. Mais: falou até que pagou por fuga anterior, esclarecendo que parte do dinheiro foi depositado em conta bancária. Com relação à fuga de hoje, fala pagamento de R$ 30.000,00, dando o nome do servidor público corrupto. Aguardemos os desdobramentos.

Os presidiários que fugiram foram identificados como: Adriano Teixeira, Alexandro Faustino do Nascimento, Altemir Rodrigues da Silva Neto, Bruno Alisson Santos Fernandes, Carlos Alberto Barbosa da Silva, Cláudio Mailton Gomes do Nascimento, Daniel da Silva Flor, Erivan Lima Gadelha, Janielson Wallans Bezerra da Silva, José Sivanaldo Araújo da Silva, Josias da Silva Lima, Júlio Teófilo dos Santos, Maurício Pedro e Renato dos Santos.

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.