Polícia

Líderes de rebelião em Manaus podem ser transferidos para o presídio federal de Mossoró

O Complexo Penitenciário Anísio Jobim, em Manaus, Amazonas. (Foto: Divulgação/Governo do Amazonas)
O Governo Federal deverá propor ao governo do Amazonas a transferência de presos do Complexo Anísio Jobim, em Manaus, para penitenciárias federais.

O local foi palco de uma rebelião que resultou na morte de 60 pessoas. Estima-se que haja mais de 300 vagas nos presídios federais de Catanduvas (PR), Campo Grande (MS), Porto Velho (RO) e Mossoró (RN).

Antes de fazer a proposta ao governador do Amazonas, José Melo, no entanto, o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, espera receber um diagnóstico completo da situação no presídio de Manaus.

O propósito da transferência seria separar presos de diferentes facções criminosas.

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.