Política

Por meio de convênios com o Governo, Almeida Castro chega a 25 leitos de UTI


Na atual administração do Governo do Estado, o Hospital Maternidade Almeida Castro, no Centro de Mossoró, teve ampliado de sete para 17 leitos a Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN), de cinco para oito leitos a UTI para adultos e de 160 para 190 leitos a sua capacidade total de atendimento. 

Tudo isso foi possível graças ao aporte mensal de recursos feito pelo Governo do Estado no valor de R$ 438 mil/mês, por meio de convênios celebrados com o hospital. Os repasses vêm sendo feitos desde setembro de 2016.   

Outra medida tomada pelo Governo do Estado para melhorar os serviços públicos prestados pelo Hospital Maternidade Almeida Castro foi o reforço na equipe médica com o acréscimo de três obstetras, dois pediatras, um intensivista e um anestesista.   

O governador Robinson Faria, na visita que fez ao Hospital nesta quinta-feira, 12, enfatizou que "o Governo trabalha forte para melhorar os serviços públicos e oferecer à população atendimento de saúde de qualidade.Aqui o Governo está investindo numa área carente como a UTI neonatal e mais do que dobramos a capacidade em pouco mais de um ano". 

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.