Regional

DHPP prende policial militar e filho suspeitos de terem matado um homem após acidente de trânsito

pc

Uma investigação realizada pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) resultou na prisão de um cabo da Polícia Militar e do filho do policial, nesta quarta-feira (01). Os dois foram presos por serem suspeitos de terem matado José Luiz da Silva Martins e de tentarem matar um outro homem, após o policial militar ter causado um acidente de trânsito com um dos amigos das vítimas. As prisões de pai e filho foram cumpridas mediante mandado de prisão temporária.

De acordo com a DHPP, no dia 05 de agosto de 2016 o policial militar teria colidido com uma motocicleta pilotada por um homem chamado “Rubem”, na rua Lima e Silva, no bairro Nazaré em Natal. Amigos que presenciaram o acidente decidiram prestar apoio ao acidentado e foram ameaçados pelo policial militar que apontou uma arma de fogo. As vítimas José Luiz da Silva Martins e o outro homem decidiram prestar socorro à Rubem e foram até o hospital. O policial militar, juntamente com dois filhos, também seguiu para a unidade médica.

Após a realização do atendimento médico para Rubem, José Luiz e o amigo decidiram ir embora. Porém, o policial militar e seus dois filhos seguiram as vítimas em um carro modelo Fiat Uno de cor bege. Quando as vítimas voltaram para o bairro Nazaré, os suspeitos dispararam contra José Luiz que veio a óbito e contra a outra vítima sobrevivente, que foi atingida por 18 disparos de arma de fogo calibre ponto 40.

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.