Política

Prefeitura acompanha início do corte de terra na zona rural

Terra

A prefeita Rosalba Ciarlini acompanhou hoje as primeiras horas de corte de terra realizados através do Programa Semear. O programa tem o intuito de fornecer óleo diesel aos agricultores, para ser utilizado nos tratores que farão a preparação da terra para o plantio.

No Assentamento Jurema, que fica localizado às margens da RN 013, o agricultor João Nunes já começou a plantar milho e feijão para o consumo da sua família. Ele foi um dos contemplados com o programa. “Esse programa foi a melhor coisa que aconteceu. Uma hora de corte de terra custa cem reais, foi uma boa economia para nós agricultores”, disse.

A secretária executiva de Agricultura e Recursos Hídricos, Katherine Bezerra, afirmou que a Prefeitura está acompanhando o homem do campo em todo esse período. “Eles estão aproveitando as primeiras chuvas e plantando. Nós ficamos felizes em acompanhar e poder estar aqui com o corte de terra que é tão necessário”.

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores na Lavoura (SINDILAVOURA), Francisco Gomes, ressaltou que uma hora de corte de terra com um período chuvoso regular produz cerca de 35 sacas de sementes.

A prefeita esteve no Assentamento Jurema e disse que ficou satisfeita com o que viu. “Esse é um apoio que a Prefeitura dá ao agricultor familiar. São cerca de 200 mil reais, de recursos próprios, que já foram investidos para o corte da terra. Se Deus quiser vamos ter uma boa colheita para que eles possam garantir o sustento da família e uma vida de qualidade”, afirmou a prefeita.

1 comentários:

Tecnologia do Blogger.