Política

Prefeitura assina termo com a Ufersa que pode gerar economia de até R$ 1 milhão por mês


Em ato realizado no Salão dos Grandes Atos do Palácio da Resistência na manhã desta sexta-feira (24), a Prefeitura Municipal de Mossoró assinou Termo de Cooperação com a Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa) para o setor tecnológico. O objetivo é reestruturar tecnologias e sistemas já existentes no município, além de implementar novos sistemas e projetos com novas tecnologias que ajudem no desenvolvimento da cidade.

A solenidade contou com a participação da prefeita Rosalba Ciarlini, vice-prefeita Nayara Gadelha, secretários Aldo Fernandes (Planejamento), Magali Delfino (Educação, Cultura, Esporte e Lazer), Lahyre Rosado (Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Agricultura e Turismo), Aglair Abreu (Comunicação Social) e Edna Paiva (Gabinete do Prefeito); representantes da Ufersa: Arimatea Matos (Reitor), Álvaro Fabiano Macedo (Pró-reitor de Planejamento), professor Almir Mariano (Coordenador do Programa Acesso a Terra Urbanizada); Iara Kateucha (Chefe do Setor de Convênios); e vereadores Francisco Carlos e Manoel Bezerra.

A prefeita Rosalba Ciarlini destacou a situação difícil que Mossoró está passando e ressaltou que uma das formas para superar esse momento é através de parcerias com instituições como a Ufersa, “que tem trabalho marcante na cidade”.

Rosalba disse que a tecnologia é de grande importância para o bom funcionamento do município e exaltou que Mossoró pode economizar até R$ 1 milhão por mês, em médio prazo, com a implantação de sistemas gratuitos pela Ufersa. ”Hoje o município tem que pagar por todos os sistemas necessários. Mas a Ufersa, exercendo o seu papel de ajudar no desenvolvimento da cidade, com seus conhecimentos, sua expertise, vai permitir que o município tenha controle do funcionamento de seus serviços”,  enalteceu.

O secretário de Planejamento, Aldo Fernandes, acrescentou que a parceria com a Ufersa vai da capacitação à implantação de sistemas, organizando os  já existentes e implementando novos, a princípio, para resolver os gargalos da saúde e da educação.

O reitor da Ufersa, Arimatea Matos, falou da satisfação de poder participar e contribuir com a gestão do município e cobrou apoio político para implantação de outros projetos, no que recebeu a garantia de Rosalba.

O professor Almir Mariano informou que as ações do Termo de Cooperação começam pela implementação de sistemas operacionais para a saúde e educação, E-Sus e I-Educar, respectivamente, que vão abranger as Unidades Básicas de saúde, Unidades de Pronto Atendimento, Centros de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas e rede municipal de ensino.

Posteriormente, a depender de captação de recursos, também poderá ser implementado projeto para instalação de rede de fibra óptica nos principais pontos públicos do município para oferta de internet para a comunidade e também para dar suporte aos próprios órgãos públicos de infraestrutura de internet.

As ações da parceria começam a ser implantadas em um prazo de 90 dias.

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.