Política

Câmara Municipal realiza audiência pública sobre tema da Campanha da Fraternidade de 2017


A Câmara Municipal de Mossoró realizou, na manhã desta quinta (06), audiência pública para discutir a Campanha da Fraternidade de 2017, que tem como tema “Biomas Brasileiros e Defesa da Vida”. A proposição da audiência foi da vereadora Sandra Rosado (PSB), que destacou a importância do tema para o RN. “O Rio Grande do Norte possui uma das maiores áreas de desertificação do Brasil. A região do Seridó, uma área que abrange cinco municípios e atinge 85% da população do Seridó, se transformou em deserto. Temos que encontrar um modelo de sustentabilidade.”.

Participaram na audiência representantes de universidades, IBAMA, secretários municipais, especialistas e outras autoridades. O padre Flávio Augusto Forte de Melo, vigário geral da Diocese de Santa Luzia de Mossoró, e um dos responsáveis pela divulgação da Campanha da Fraternidade, falou que o maior desafio é uma educação ambiental permanente. “Defendo e acredito que só uma educação ambiental permanente vai fazer com que a gente tenha uma relação saudável com o ambiente ao nosso redor.”.

A professora da Universidade Federal Rural do Semiárido (UFERSA), Ludmilla Carvalho, destacou que a universidade desenvolve estudos que orientam a preservação do meio ambiente e pediu atenção ao poder público para colocar essas pesquisas em prática. “Nós estudamos alternativas de sobrevivência para o semiárido, temos as soluções tecnicamente e cientificamente, mas não temos capacidade de implementar politicas públicas.”, disse.

De acordo com o tenente Tiago Abrantes de Aragão Mendes, comandante do terceiro pelotão de proteção ambiental, “O ambientalista não é contra o desenvolvimento econômico, ele luta pelo desenvolvimento sustentável. Vamos criar politicas públicas para tirar os estudos de sustentabilidade do papel.”.

Prefeitura

A secretária executiva de Agricultura e Recursos Hídricos de Mossoró, Katherine Bezerra, falou do papel da Prefeitura na preservação do meio ambiente. “A preservação dos biomas começa no planejamento da gestão. Nessa gestão da prefeita Rosalba a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Agricultura e Turismo está priorizando tecnologias sustentáveis que preservem o meio ambiente, como o uso de biodigestores para o aproveitamento da energia animal, entre outras ações.”.

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.