Brasil

Governo crê que reforma da Previdência seja aprovada até o fim do primeiro semestre deste ano


O governo confia na parceria que tem com o Congresso Nacional e acredita que a reforma da Previdência seja, mesmo, aprovada antes do dia 30 de junho. A avaliação é do ministro-chefe da Casa Civil da Presidência da República, Eliseu Padilha. Segundo ele, existe uma grande consciência sobre a urgência e a necessidade dessa aprovação.

“O governo trabalha com o calendário de ter aprovado antes do dia 30 de junho, nós temos que ter aprovado esta emenda neste ano, quanto mais cedo possível, que o ano que vem é ano de eleição e ano de eleição a gente sabe o que acontece. Então, nós temos que aprovar neste ano, o mais cedo possível, isto é, agora no primeiro semestre. E há, de parte do Congresso Nacional, muito boa vontade nesse sentido; o relator está imbuído dessa vontade; o presidente da comissão está imbuído; os deputados membros da comissão; os deputados que são líderes da base do governo têm demonstrado isso. Nós confiamos muito na parceria com o Congresso Nacional e vamos, sim, ter ela aprovada ainda neste primeiro semestre. Não tenho dúvida nenhuma que isso vai acontecer”.

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.