Política

Câmara Municipal discute apoio às quadrilhas juninas de Mossoró


Com o tema “O universo e o papel social das quadrilhas juninas” a Câmara Municipal realizou, na manhã desta quinta-feira (11), audiência pública para debater as dificuldades enfrentadas pelas quadrilhas juninas da cidade e do importante papel que elas desempenham na sociedade mossoroense e para a cultura local.

A audiência pública foi proposta pelo vereador Rondinelli Carlos (PMN), que destacou, durante o evento, o apoio do seu mandato às quadrilhas juninas e falou sobre projeto que irá apresentar na Casa Legislativa. “A quadrilha junina promove a cidadania, o fortalecimento cultural e é um resgate histórico, além de gerar emprego e renda nos meses que antecedem o mês junino na cidade de Mossoró. O nosso mandato irá propor um Projeto de Lei que dispõe sobre o uso do espaço físico das escolas municipais para reuniões e ensaios das quadrilhas juninas.”, disse.

O diretor da Associação Cultural Nação Junina, Alex Guimarães, utilizou a tribuna da Câmara para falar do importante papel inclusivo das quadrilhas e as dificuldades enfrentadas. “As quadrilhas juninas constituem um dos mais fortes movimentos culturais desse estado. Na quadrilha, todos são aceitos. Mas, é difícil sair com uma quadrilha hoje em dia. O preço das roupas e o transporte para competir são muito caros. Não temos espaço para ensaiar. Nós tiramos jovens das ruas, ensinando a eles uma profissão.”, afirmou.

Entre as propostas apresentadas por Alex Guimarães estão a destinação do espaço das escolas municipais para o ensaio das quadrilhas, cursos profissionalizantes, como o de costura e decoração para que os quadrilheiros possam confeccionar suas próprias fantasias e aprender uma profissão, e investimento financeiro da Prefeitura Municipal e a participação dos presidentes das quadrilhas na elaboração do regulamenta do concurso promovido no Mossoró Cidade Junina.

A presidente da Câmara, Izabel Montenegro (PMDB), sugeriu que a Secretaria de Cultura busque apoio na iniciativa. “Nós precisamos tirar o Mossoró Cidade Junina da competência exclusiva do poder público, principalmente em um momento de crise como o que enfrentamos. Que a gente possa, a partir de 2018, ter outra visão e que possamos ajudar esses heróis que fazem o Mossoró Cidade Junina e as quadrilhas juninas do município”, declarou.

Prefeitura

Secretário de Cultura do Município, Eduardo Falcão, compareceu à audiência representando a Prefeitura. Para o secretário, o momento é de ouvir e captar ideias para melhorar cada vez mais o Mossoró Cidade Junina.  “É muito importante discutir esse tema e estamos aqui hoje com o objetivo de ouvir. Já anotei varias questões levantadas pelo presidente da Nação Junina em relação à ajuda de custo, à premiação, à função social das quadrilhas, o ensaio das quadrilhas nas escolas, cursos de qualificação de costureiras e de pessoal envolvido na produção da quadrilha, a participação na elaboração do regimento dos concursos e a quadrilha como patrimônio cultural. Estamos planejando para próximo ano termos um evento mais sustentável e participativo.”, declarou.

Uma ata será escrita com as principais solicitações das quadrilhas e sugestões das autoridades e vereadores presentes na audiência. O documento será encaminhado para as autoridades competentes.

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.