Brasil

Em carta, Cunha afirma jamais ter pedido ‘qualquer coisa’ a Temer; leia


No mesmo dia da explosão da bomba JBS, quinta-feira, 18, o ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB) divulgou um texto de próprio punho em que afirma jamais ter pedido ao presidente Michel Temer (PMDB) ‘qualquer coisa’.

“Estou exercendo o meu direito de defesa e não estou em silêncio e tampouco ficarei.”

Em dezoito linhas, redigidas em folha de papel almaço, o ex-deputado – preso desde outubro de 2016 na Operação Lava Jato – elenca cinco tópicos. Em um deles, ‘são falsas as afirmações divulgadas atribuídas a Joesley Batista de que estaria comprando meu silêncio’.

Leia a carta de Cunha:


Com informações Agência Estado

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.