Cotidiano

Supermercado em Assu afirma que nenhum produto confiscado pelo Procon estava estragado


O Supermercado Queiroz de Assu, município com uma distância de 73,6km de Mossoró, que na última terça-feira (17), teve produtos confiscados pela Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) divulgou uma nota defendendo-se da informação de que 65 quilos de carne imprópria para o consumo haviam sido apreendidos.

Confira a nota

O Supermercado Queiroz da cidade de Assu vem esclarecer a população no que diz respeito a matéria veiculada em alguns órgãos de mídia relatando uma fiscalização do PROCON e a existência de embalagens danificadas e produtos estragados.

Na referida fiscalização do Procon é importante que se ressalte que apenas uma única embalagem de carne estava com seu plástico rasgado parcialmente, o que ocasionou a apreensão da mesma. Não havia nenhum produto com validade vencida.

Sobre os demais produtos apreendidos, os fiscais entenderam que a ilha de refrigeração não estaria com a temperatura ideal, e preventivamente entenderam que deveriam recolher também aquelas carnes que estavam na ilha, embora não apresentassem sinais de que estivessem impróprias.

O Supermercado Queiroz mantém um rigoroso controle de qualidade dos produtos expostos em suas prateleiras, observando condições em embalagens, prazos de validades e condições gerais dos produtos. Existem vários funcionários dentro das lojas apenas com a missão de fazer essas verificações.

O Supermercado Queiroz reconhece que a fiscalização é importante e compromete-se a ter mais empenho na política de controle de qualidade, preservando sua meta de sempre oferecer produtos da melhor qualidade aos seus clientes.


A Direção

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.