Cotidiano

UERN convoca universidades em prol do Hospital da Polícia de Mossoró


A convite do reitor da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), Prof. Pedro Fernandes, representantes de instituições de ensino superior que ofertam cursos na área da saúde, participaram nesta terça-feira (30) da visita às dependências do Hospital da Polícia Militar, em Mossoró.

O hospital está subutilizado, funcionando apenas com o serviço ambulatorial. A UERN, juntamente com a Secretaria Estadual de Segurança Pública e Defesa Social, está tentando viabilizar a ampliação dos serviços ofertados, para que a estrutura seja utilizada como hospital universitário, e possa voltar a prestar atendimento em outras áreas à população de Mossoró e região.

O reitor Pedro Fernandes já esteve reunido com a secretária estadual de segurança, Sheila Freitas, com o comandante-geral da Polícia Militar no Rio Grande do Norte, Coronel Azevedo, e com o diretor do Hospital da Polícia de Mossoró, Major Inavan, para viabilizar a parceria, que poderá ser ampliada com a participação de todas as instituições de ensino superior de Mossoró.

“Estamos tendo a oportunidade de reunir educação, saúde e segurança em prol da população que mais necessita desses serviços. Convidamos todas as instituições para participar desta visita e ver que é possível unir forças e transformar esta estrutura em um hospital universitário comum a todas as instituições. A estrutura já está pronta, os recursos humanos estão nas nossas salas de aula, e iremos buscar outras parcerias e convênios para sua manutenção”, explicou o reitor Pedro Fernandes.

A proposta foi muito bem aceita pelos representantes das demais instituições. O reitor da Ufersa, Prof. Arimateia Matos, parabenizou a UERN pela iniciativa e se dispôs a procurar meios de viabilizar a parceria. “Podemos caminhar para, de imediato ampliar o trabalho feito pelo hospital, que é de suma importância para toda a sociedade mossoroense”.

O diretor da Faculdade Diocesana, Padre Charles Lamartine também aprovou a iniciativa. “Vejo esta parceria com entusiasmo, e ao mesmo tempo com um senso de responsabilidade muito grande. Nosso objetivo, enquanto instituições, é de gerar benefício à população e investir em um hospital como esse é algo fantástico. Se abre um leque de oportunidades, e espero que em breve possamos utilizar este espaço para oferecer atendimento à população, que tanto necessita”.

O Major Inavan, diretor do Hospital da Polícia de Mossoró está entusiasmado com a possibilidade do hospital voltar ao seu funcionamento pleno. “Só quem vai ganhar com isso é a sociedade, de uma forma geral. Quando estivermos com todas as instituições de ensino, junto com o governo do Estado e a Prefeitura de Mossoró, unidos, vamos ter condições não só de reabrir a parte de internação, procedimento cirúrgico, com a possibilidade inclusive de ampliação de sua capacidade de leitos, e sabemos que onde está a Universidade, o serviço ofertado é de excelência”.

Com a estrutura que dispõe hoje, o hospital pode oferecer 12 leitos, no entanto, sua capacidade pode chegar a 25 leitos. Já durante a visita, a UERN e a FACENE já disponibilizaram, a curto prazo, a estrutura de seus cursos de enfermagem para atuar no serviço ambulatorial hoje já prestado pelo hospital.

A Prefeitura de Mossoró também esteve representada, através do secretário municipal de planejamento, Aldo Fernandes, que afirmou que o município tem total interesse em apoiar a ampliação do hospital, tornando-se também parceira da Polícia Militar e das instituições de ensino superior de Mossoró nesta iniciativa.

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.