Cotidiano

Cosern investe R$ 281 milhões no sistema elétrico potiguar em 2017


Na semana em que ultrapassou o marco histórico de 1.400.000 clientes, a Cosern, empresa do Grupo Neoenergia, anunciou o valor total de investimento que fará até dezembro no reforço, melhoria, modernização e expansão do sistema elétrico potiguar, além de projetos de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) e inovações tecnológicas.

Serão investidos R$ 281 milhões, um aumento de 16,61% em relação aos valores de 2016, novo recorde nos 55 anos da Distribuidora, completados em dezembro do ano passado.

“Mesmo em meio à crise econômico-financeira que atinge o Brasil, reafirmamos com a antecipação desses números o nosso compromisso com a melhoria constante dos nossos serviços em todo o Rio Grande do Norte”, declarou o Diretor-Presidente da Cosern, Luiz Antonio Ciarlini. “Vamos elevar o volume de investimentos em novo recorde histórico para expandir, renovar e aumentar cada vez a qualidade e a confiança no nosso sistema elétrico e a satisfação dos nossos clientes”, comentou Ciarlini.

A distribuição dos recursos que serão investidos pela Cosern até o final do ano está dividida em quatro grandes blocos, a saber:

·        R$ 170 milhões são destinados à expansão e renovação da rede de distribuição de energia elétrica e novas ligações;
·        R$ 63 milhões estão direcionados à expansão e melhorias do sistema de transmissão de energia elétrica;
·        R$ 34 milhões serão aplicados em instalações gerais, destacando-se a renovação da frota de veículos e a modernização do sistema de automação e telecomunicações;
·        R$ 13 milhões investidos em ações de combate às perdas de energia elétrica.

Do investimento previsto para este ano, 86% do valor global (R$ 242 milhões) são direcionados às redes elétricas e subestações da Cosern, com a construção de novas linhas de transmissão, subestações, alimentadores, redes de média e baixa tensão e expansão/modernização da automação, aumentando a confiabilidade e a qualidade do sistema elétrico da concessionária em todo o Estado.

A seguir, a distribuição dos investimentos da Cosern em 2017 por região e as obras em destaque:

Natal e Região Metropolitana: R$ 68 milhões (24,2% do total previsto)

·        Início da construção da subestação Alecrim, que atenderá 19.000 clientes nos bairros do Alecrim, Dix-Sept Rosado, Quintas, Lagoa Nova e Lagoa Seca, com previsão de conclusão no segundo semestre de 2017.

·        Abertura do processo de licenciamento ambiental e confecção dos projetos executivos da subestação Planalto, que irá beneficiar aproximadamente 35.000 clientes dos bairros de Planalto, Pitimbu e parte de Emaús, área com expansão urbana significativa na capital.

A entrada em operação dessas novas subestações vai ampliar a oferta de energia nessas localidades, aumentando a flexibilidade operacional, a confiabilidade e a disponibilidade do fornecimento de energia elétrica para atender ao crescimento de mercado.

Mossoró, Açu e Oeste Potiguar: R$ 114 milhões (40,5% do total previsto)

É a região que vai receber o maior montante de recursos aplicados, destinados principalmente às obras em linhas de distribuição de energia elétrica em alta tensão, entre as quais se destacam:

·        Conclusão da recapacitação da linha de distribuição de alta tensão que interliga as Subestações Mossoró II até a subestação de Grossos aumentando a confiabilidade do fornecimento de energia elétrica àquela região litorânea de grande importância turística para o estado.

·        Ampliação das subestações Apodi, Gangorra (Tibau), Grossos e Pau dos Ferros, que terão aumento de potência instalada, aumentando a confiabilidade do sistema elétrico, beneficiando 52.000 clientes.

·        Construção de um novo alimentador para melhorar o atendimento das cargas da subestação Serra Vermelha, em Serra do Mel.

Caicó e Seridó: R$ 29,5 milhões (10,5% do total previsto):

·        Conclusão e entrega da subestação Currais Novos I, realizada em 24 de maio, que passou a beneficar 90 mil moradores dos municípios de Currais Novos, Lagoa Nova, Cerro Corá, Bodó e Florânia.

·        Construção da subestação Jardim do Seridó, com previsão de conclusão no segundo semestre de 2017.

·        Construção das linhas de distribuição de alta tensão para interligar as subestações de Acari e de Jardim do Seridó e de uma nova linha entre Currais Novos II e Acari. Essas obras aumentarão a capacidade de atendimento da Cosern em Currais Novos, Lagoa Nova, Cerro Corá, Bodó, São Vicente, Florânia, São Fernando, Jardim do Seridó, Ouro Branco, Zona Rural de Santana do Seridó e São José do Seridó.

·        Ampliação das subestações de Acari e de Caicó, de modo a garantir a qualidade de energia elétrica distribuída para a região.

Agreste Potiguar: R$ 34 milhões (12,2% do total previsto)

·        Construção da subestação Santo Antônio com novos circuitos, beneficiando aproximadamente 16.500 clientes em Santo Antônio e Lagoa D'Anta. Renovação da rede de distribuição com substituição de condutores e equipamentos da subestação João Câmara.

·        Construção da subestação Jandaíra, que absorverá parte das cargas da subestação João Câmara e beneficiará aproximadamente 5.100 clientes, nos municípios de Jandaíra, João Câmara, Parazinho e Pedra Preta.

Região Litorânea do estado: R$ 35 milhões (12,6% do orçamento total) 

Para o litoral Norte, destaca-se:

·        Ampliação da subestação Ceará Mirim, com incremento da potência instalada que possibilitará a expansão de energia distribuída nos municípios atendidos por esta instalação.

·        Melhoria da rede de distribuição em média tensão e melhoria nos alimentadores das subestações de Ceará Mirim, Boa Cica (Touros) e Dom Marcolino (Ceará Mirim), regiões importantes para o agronegócio e turismo.

No litoral sul, destaca-se:

·        Ampliação da subestação de Canguaretama com duplicação da potência instalada, beneficiando os consumidores em Baia Formosa, Canguaretama, Pedro Velho e Vila Flor, polos turísticos importantes.

Investimentos, benefícios e reconhecimentos

A Cosern foi uma das primeiras Distribuidoras do Brasil a automatizar todas as suas subestações, pratica a tarifa elétrica residencial mais barata do Nordeste e, ao elevar o volume de recursos em investimentos para 2017, reitera seu compromisso de prestação de bons serviços aos clientes e contribui com a capacidade de atração de novos investimentos para o estado.

O resultado dos investimentos históricos que a Cosern vem fazendo ao longo dos últimos vinte anos (veja gráfico abaixo) pode ser medido pelo reconhecimento das principais instituições do setor elétrico brasileiro. Na última sexta-feira, a Associação Brasileira de Distribuidora de Energia Elétrica (Abradee) anunciou que a Cosern é finalista do Prêmio Abradee 2017 nas categorias Melhor Distribuidora da Região Nordeste e Melhor Distribuidora do Brasil. O resultado será conhecido no dia 28 de junho, em cerimônia que será realizada em Brasília.

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.