Cotidiano

Festa junina combina com muita comida de milho


E festa junina que se preze tem que ter mesmo uma boa variedade de comidas típicas, não é? Nessa época, bom mesmo é dançar um arrasta-pé e comer aquela pamonha, canjica! Que dirá um milho cozido, ou assado na própria fogueira, hein?

Junho também significa um mês de faturamento para aquelas pessoas que trabalham com a venda de milho verde, até porque é tempo de colheita.

O comerciante Francisco Lobão é um dos principais vendedores de milho na cidade. Ele afirma que durante os outros meses do ano tem uma venda média de 120 milheiros de milho, mas em junho chega a ser em torno de 300 milheiros, com destaque para os dias de fogueiras, quando as vendas são maiores.

“Para suprir a demanda nós temos que contratar geralmente umas sete pessoas a mais. Gera empregos e assim renda para outras famílias”, disse Francisco Lobão.

A espiga de milho verde descascada e limpa está sendo comercializada em um valor médio de cinquenta centavos.

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.