Polícia

Homem é condenado a 23 anos e 6 meses de prisão por ter matado a amante em Upanema


O vigilante Moab Anselmo da Silva de 50 anos, pegou 23 anos e 6 meses de prisão por ter matado a amante e ocultado o cadáver na zona rural de Upanema, região Oeste do Rio Grande do Norte.

A vítima identificada como Francisca Márcia Freitas Ribeiro, natural de Mossoró, que em 2014, quando foi assassinada, tinha 27 anos, foi morta em uma estrada carroçável no sítio Várzea Grande.

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.