Política

Larissa Rosado cobra do Estado a contratação de profissionais para o IDIARN

Foto: Divulgação

Como resultado de audiência pública promovida pelo seu mandato, a deputada estadual Larissa Rosado (PSB) solicitou ao Governo do Estado que sejam contratados servidores necessários ao funcionamento do Instituto de Defesa e Inspeção Agropecuária do Rio Grande do Norte (Idiarn), nas divisas do Estado.

Para Larissa, o déficit de servidores prejudica a qualidade dos serviços prestados, fazendo-se “urgente e necessária a realização de processo seletivo para o órgão, de modo que esse possa manter suas atividades de modo satisfatório e sem gargalos”, afirma a parlamentar.

Segundo informações dos servidores, o Idiarn passa por um verdadeiro desmonte, onde falta o básico para seu funcionamento, inclusive mão de obra, com defasagem de cerca de 30 funcionários. Em algumas unidades, não há sequer um veterinário e nem agrônomo, funções técnicas fundamentais para prestação do serviço.

O Idiarn tem como objetivo assegurar a qualidade dos produtos de origem agropecuária, assim como contribuir para a preservação da saúde pública, do meio ambiente e o aumento da competitividade produtiva do estado.

Referência

Ainda como encaminhamento de audiência pública, a deputada requereu ao Executivo estadual a criação de um laboratório de referência agropecuária no Rio Grande do Norte.

De acordo com o documento, a criação de um laboratório de referência agropecuária tem papel fundamental nas ações de monitoramento, controle e fiscalização de alimentos, bebidas e insumos produzidos e comercializados no Estado. Além disso, fornecerá informações valiosas para os serviços de inspeção e fiscalização, não só do ponto de vista analítico, mas também em cooperações, estudos e projetos de pesquisa voltados para a segurança do alimento.

“O atendimento do pleito, que é também uma reivindicação do corpo técnico do IDIARN, terá um importante papel no tocante à segurança da produção, assim como no fomento a pesquisa acadêmica”, acentua a deputada.

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.