Regional

Deicor investiga organização criminosa por roubos a carros-fortes no RN

Estrutura no veículo para metralhadora e fuzis (Foto: PC/Assecom)

A Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor) investiga uma organização criminosa que pode ser composta por integrantes de vários estados do nordeste e inclusive é apontada como responsável por diversos roubos à carros-fortes no estado do Rio Grande do Norte. A Deicor solicitou apoio à Polícia Rodoviária Federal (PRF) e ao Comando de Polícia Rodoviário Estadual (CPRE) para que possam realizar procedimentos de barreira em todo o estado, para averiguação de veículos suspeitos com o objetivo de prender os integrantes da organização criminosa e apreender as suas armas.

Durante a ação marginal, que aconteceu na noite da terça-feira (11) na cidade de São Pedro, os criminosos usaram um veículo Fiat Toro de cor branca e um veículo Toyota SW4 que foi encontrada na manhã da quarta-feira (12) abandonada próximo ao local do roubo. Também foram encontrados cartuchos deflagrados de arma modelo AK-47 e de metralhadora calibre .50. Dentro do veículo Toyota SW4 os policiais encontraram manchas de sangue e uma estrutura de ferro que foi usada como suporte para apoio da metralhadora .50 e de fuzis.

As investigações apontam que a arma metralhadora .50 pode ser a mesma que foi usada no caso dos carros-fortes roubados nas cidades de Assú e Apodi. Segundo os delegados da Deicor é necessário que seja estabelecido um protocolo para ser posto em prática pelas forças de segurança do estado todas as vezes que ações marginais de roubos a carros-fortes e a caixas eletrônicos aconteça.

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.