Polícia

Homem que matou ex-mulher em Mossoró é condenado a 12 anos de prisão


Foi condenado a 12 anos de prisão, no regime fechado, o motorista Lenilson Lopes de Freitas, de 52 anos, por ter matado a tiros, a sua ex-companheira, a enfermeira Elaine Kledna Bezerra do Nascimento, que na época tinha 38 anos. O julgamento ocorreu na manhã desta terça-feira (11), no Fórum de Mossoró.

O crime aconteceu no dia 5 de agosto de 2015, por volta das 16 horas, na residência da vítima, situada na Avenida Antônio Filgueira, precisamente no Condomínio Alvorada, do bairro Dom Jaime Câmara, que fica na zona leste de Mossoró.

O que motivou o crime é que a vítima havia decidido se separar do marido, devido aos atos violentos dele. O assassinato aconteceu exatamente três meses depois da separação. O crime, conforme apurou a polícia, foi premeditado pelo acusado Lenilson Lopes.

Segundo relata o Ministério Público Estadual, Lenilson Lopes comprou um revólver calibre 38 no dia 4 de agosto de 2015 e no dia seguinte seguiu a mulher até a residência dela. Lá chegando, tentou forçar ela, com a arma, a voltar a viver com ele. Ela não aceitou e foi morta.

O motorista fugiu, após o crime, mas foi localizado e preso quando tentava embarcar num ônibus de linha interestadual na cidade de Cajazeiras, no Estado da Paraíba. Ao ser preso pela Polícia Rodoviária Federal, o réu confessou o crime.

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.