Cotidiano

MPRN abre seleção para cargo de chefe do Setor de Serviços Auxiliares


O Ministério Público do Estado do Rio Grande do Norte abriu seleção para o cargo de chefe do Setor de Serviços Auxiliares. O processo seletivo é composto de análise dos currículos, entrevistas técnicas e comportamentais, e submissão dos candidatos pré-selecionados ao procurador-geral de Justiça para nomeação. A carga horária é de 40 horas semanais e a remuneração é de R$ 5.306,95, mais benefícios (auxílio alimentação no valor de R$ 1.400 e auxílio saúde).

A vaga foi aberta devido à necessidade do MPRN utilizar as ferramentas de gestão de pessoas, no sentido da elevação da eficiência e eficácia dos seus serviços. O processo seletivo leva em consideração a valorização da força de trabalho da instituição e a importância de estabelecer critérios objetivos e meritocráticos para ocupação dos cargos de provimento em comissão na Procuradoria-Geral de Justiça.

Os currículos podem ser entregues no período de 5 a 12 de julho 2017, das 8h às 17h (de segunda a quinta-feira) e das 8h às 14h (às sextas-feiras), no setor de Protocolo da Procuradoria-Geral de Justiça, localizada à R. Promotor Manoel Alves Pessoa Neto, 97, Candelária. Os telefones de contato são (84) 3232-4558/7138 (das 8h às 17h). A entrega pode ser realizada por terceiros (sem necessidade de procuração) e, também, via Correios – desde que o documento chegue ao MPRN dentro do prazo especificado para a inscrição.

O currículo deve ser apresentado em folha A4, sem encadernação, pasta ou envelope, com cópia do documento de identidade e CPF. Não há necessidade de apresentar demais documentos comprobatórios no ato da entrega do currículo. Importante apresentar currículo com telefone celular para contato, além de endereço de e-mail e duas referências, com os respectivos telefones para contato.

Após a triagem e análise dos currículos recebidos, os candidatos que estiverem consonantes com o perfil definido serão selecionados para entrevista técnica e comportamental conduzida pela Gerência de Desenvolvimento Humano, em parceria com as chefias demandantes, de caráter eliminatório, que ocorrerá entre os dias 17 e 21 de julho de 2017.

Ao final do certame, um único candidato será considerado aprovado, com a decorrente nomeação pelo Procurador-Geral de Justiça, por meio de resolução a ser publicada no Diário Oficial do Estado (DOE).

O candidato selecionado terá o prazo de cinco dias úteis, a contar da data da publicação no DOE para providenciar os documentos necessários para a posse e se apresentar à Diretoria de Gestão de Pessoas, na Procuradoria-Geral de Justiça.

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.