Regional

Mulher engole pedras de crack para tentar escapar da prisão em Assú

presas

Agentes da Delegacia Municipal de Assú, no Oeste Potiguar, prenderam nesta segunda-feira, (03), Maria do Socorro Nogueira, de 44 anos, e Dayane Christina do Nascimento Silva, de 19 anos, acusadas de tráfico de drogas na cidade. Com medo da abordagem, Dayane Christina engoliu algumas pedras de Crack que escondia nas partes íntimas.

Os policiais suspeitaram da postura das suspeitas e as levaram para realizar o exame de RAIO-X, que confirmou a ingestão das pedras de crack por parte de Dayane. Os agentes levaram a jovem para Hospital Regional Tarcísio Maia, em Mossoró, a fim de retirar do corpo dela as drogas ingeridas, pois havia risco de morte caso alguma embalagem das pedras de crack se rompesse.

Segundo o Delegado Tony Cidorgeton, as duas mulheres costumam manter em seus corpos, pequenas quantidades de drogas, cientes que os policiais masculinos não realizariam a revista e a busca pessoal. Entretanto, policiais civis femininas foram acionadas para realizar a última abordagem.

Na casa onde estavam as mulheres, os policiais encontraram uma pequena porção de maconha, que estava com um adolescente de 17 anos, vários sacos plásticos, utilizados para embalar a droga, além de “cachimbos” para o uso de Crack.

A residência possuía ainda uma ligação clandestina para fornecimento de água. O local também era usado como ponto de prostituição. Os agentes encontraram uma criança de 10 anos de idade, filha de Maria do Socorro Nogueira.

Maria do Socorro e Dayane Christina foram atuadas em flagrante por tráfico de drogas, associação para o tráfico, furto de água, corrupção de menores e por submeterem criança a situação constrangedora.

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.