Regional

Shows realizados durante o Carnaval 2017 de Apodi são investigados pelo MP

Foto: Reprodução

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MP-RN), através da 2ª Promotoria de Justiça da Comarca de Apodi, cidade distante 78km de Mossoró, abriu inquérito civil para apurar supostas irregularidades identificadas nas contratações dos shows da banda “É O Tchan” e do cantor “Jonas Esticado”, realizados durante o Carnaval de 2017 na cidade.

A denúncia foi feita ao órgão fiscalizador por uma pessoa não-identificada e tem a Prefeitura Municipal de Apodi como alvo. Na Portaria Nº 0027/2017, a 2ª Promotoria de Justiça de Apodi atribui as explicações das denúncias de irregularidades ao prefeito da cidade, Alan Silveira, que cumpre mandato desde o início deste ano.

Como medidas iniciais, o Ministério Público pediu que a Prefeitura apresente cópia do procedimento licitatório (ou termo de dispensa de licitação) utilizado para contratar as bandas, dos contratos e dos processos administrativos de empenho, liquidação e pagamento emitidos em favor dos artistas mencionados. Foi dado um prazo máximo de 10 dias para a apresentação dos documentos.

A informação da abertura do inquérito civil foi publicada na edição desta terça-feira 11 do Diário Oficial do Estado (DOE).


Com informações Portal AgoraRN

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.