Cotidiano

INSS/RN conclui atendimento digital até dezembro de 2017


O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) está implantando, em todo o país, um novo sistema de atendimento para a população brasileira. O “INSS Digital”. O projeto, testado em caráter experimental na Gerência Executiva em Mossoró, transforma a tramitação de processos para o modo digital, agilizando a análise dos requerimentos e a concessão dos benefícios.

O “INSS Digital” consiste na adoção de uma nova forma de atendimento em que o cidadão tem acesso aos serviços com rapidez. Além disso, o servidor do Instituto é beneficiado com a distribuição da demanda entre as unidades e ambientes de trabalho mais tranquilos para a análise dos benefícios.

O sistema engloba, necessariamente, o estabelecimento de parcerias entre a autarquia e as entidades representativas dos trabalhadores, para facilitar o acesso aos serviços, tornando mais ágil o reconhecimento de direitos dos cidadãos. São os chamados Acordos de Cooperação Técnica (ACT), que permitem aos segurados requererem o benefício em sindicatos, colônias de pescadores ou outra entidade da qual seja associado, sem precisar ir a uma Agência da Previdência Social. Nessa modalidade de atendimento, os processos são digitalizados e enviados eletronicamente para as unidades do INSS que trabalham, exclusivamente, com requerimentos eletrônicos.

Rio Grande do Norte - As Agências da Previdência Social nos municípios de Martins, Mossoró e Pau dos Ferros já atuam com essa nova forma de atendimento, trabalhando somente com protocolos de requerimentos. “Os serviços agendáveis foram todos retirados. O segurado agenda, apenas, o protocolo, em 15 minutos, por meio do INSS Digital”, explica o gerente-executivo, Francisco Osimar.

Confira os depoimentos dos servidores que trabalham nessas unidades e que viram de perto o surgimento do INSS Digital.

Arnóbio Xavier (APS Martins)

“Este é um projeto que vai ao encontro das novas tecnologias e a gente vê muitas vantagens. Uma das principais é a distribuição igual de tarefas dentro da agência. Outra é a celeridade na análise dos processos pois não temos que ficar imprimindo papel, carimbando, assinando. Como podem ver, aqui na minha mesa não tem papel, folha, carimbo, apenas o Gerenciador de Tarefas no qual a gente analisa os processos. É a nova realidade da qual a gente não pode fugir”.

 Glauber Ferreira (APS Pau dos Ferros)

“O INSS Digital superou todas as minhas expectativas no sentido da quantidade de produção e da qualidade de vida que ele me proporcionou. A palavra pra descrever o INSS Digital é otimização, não só do trabalho, mas da minha vida pessoal. É sensacional. Pela minha experiência como chefe de Benefícios da APS, a gente observa que os servidores que inicialmente torciam o nariz hoje amam. Quero mais mudanças, mais otimização dos processos. Esse é o futuro e grande ganho para o INSS”.

Já no âmbito da Gerência do INSS/Natal, os servidores que atuam na linha de benefícios farão, ainda neste mês de agosto, o curso de capacitação para trabalhar com o sistema digital. “Eles serão multiplicadores do conteúdo para os colegas”, explica Ranier Antunes, chefe do Serviço de Benefícios do INSS/Natal. “A previsão é que, até o final do mês de outubro, todas as 21 agências integrantes da nossa gerência estejam com o INSS Digital instalado e funcionando”, afirma o gestor.

A perspectiva, é a de que até o final de 2017, 67% das unidades do INSS no país, estejam trabalhando com o INSS Digital que deverá estar implantado em sua totalidade, até dezembro de 2018.

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.